Agenda Geral | Comitês

<Novembro/2021>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
<Novembro/2021>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

SP anuncia programa Água é Vida para reforçar segurança hídrica

18/10/2021 - Categoria: Informes

O Governador João Doria apresentou, no dia 7 de outubro, o programa Água é Vida para reforçar a segurança hídrica e beneficiar mais de 2,1 milhões de pessoas em todas as regiões de São Paulo. O Estado vai investir R$ 400 milhões em ações como perfuração de poços profundos em 120 cidades e revitalização de 3 mil quilômetros de rios ao longo de 260 municípios.

“O Governo de São Paulo soluciona problemas do presente e planeja soluções para o futuro em todas as áreas, e o meio ambiente é uma das principais”, afirmou Doria. “Temos que proteger as bacias, águas subterrâneas e os rios. Aqui não há conflito entre meio ambiente e agronegócio, estabelecemos diálogo e construção de propostas. O programa ‘Água é Vida’ é um exemplo disso”, reforçou o Governador.

 “Nosso estado não titubeou em nenhum momento em defender a vida durante a pandemia da COVID-19. E agora volta com um programa de defesa das águas, fazendo com que a gente tenha segurança hídrica aqui em São Paulo”, declarou o Vice-Governador Rodrigo Garcia. “É mais uma ação concreta do Governo do Estado em conjunto com os municípios. Compartilhamos responsabilidades e nos apoiamos em desafios comuns.”

No eixo Águas Subterrâneas, o Estado vai investir R$ 141 milhões para perfurar 138 poços tubulares em 120 municípios que não são atendidos pela Sabesp. Os locais já foram mapeados pelo Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e também vão receber reservatórios de 200 mil litros, com entregas previstas para o primeiro semestre de 2022.

Já o Rios Vivos prevê a revitalização de cerca de 3 mil quilômetros de cursos d´água no período de um ano. A medida vai reforçar o abastecimento e ampliar melhorias na fluidez de rios e córregos, de forma a mitigar inundações.

O atendimento a 260 municípios deve começar no próximo mês de dezembro, sob investimentos de R$ 90 milhões. Esse eixo ainda prevê repasses estaduais de mais R$ 31 milhões na preservação de 40 mananciais e projetos de tratamento de esgoto.

O Estado também planeja a construção de duas barragens na região da Bacia do PCJ (Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), com previsão de investimentos de aproximadamente R$ 150 milhões.

Fonte: SIMA