Agenda Geral | Comitês

<Janeiro/2022>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031
<Janeiro/2022>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

DAE recebe verba para ampliar controle de perdas

14/12/2021 - Categoria: FEHIDRO

O Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Santa Bárbara d´Oeste teve seu projeto de revisão do Plano Diretor de Combate às Perdas aprovado e foi contemplado com repasse de R$ 508.207,84 pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO), e contrapartida no valor de R$ 96.801,46. O projeto compreende o desenvolvimento do diagnóstico e estudos para readequação e melhoria do sistema de distribuição de água.

Elaborado pelo corpo técnico do DAE, o projeto foi indicado pelos Comitês das Bacias Hidrográfica dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Comitês PCJ) e prevê 13 atividades complexas para os estudos, entre elas, os sistemas de adução, distribuição de água e unidades operacionais, com pesquisas de vazamentos, de setorizações nas redes, micromedição, macromedição, parâmetros de vazão e pressão, eficiências eletromecânicas e hidroenergéticas de sistemas elevatórios de água.

Após o anúncio do repasse e análise da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), o projeto segue para as etapas de emissão de contratos e processo licitatório, com a finalidade de contratar a empresa que irá executar as atividades inseridas no projeto.

“O DAE vem trabalhando forte no plano de combate às perdas, ação iniciada pelo prefeito Rafael Piovezan, quando estava à frente da autarquia. Nosso objetivo é buscar verbas através de projetos muito bem elaborados pela nossa equipe, e conseguimos essa verba do FEHIDRO que vai viabilizar estudos com equipamentos de última geração que irão indicar os pontos onde iremos nos empenhar ainda mais na redução de perdas de água no município”, comentou o diretor-superintendente do DAE, Laerson Andia Junior.

O município já conta com o Plano Municipal de Saneamento Básico e algumas destas atividades revisam alguns pontos no quesito de combate às perdas, cuja meta estabelecida no PMSB é alcançar o índice de 25% de perdas até 2035.

Fonte: Novo Momento